O BOLERO DE RAVEL EM TEMPOS DE COVID – 19

Uma das obras mais populares do grande público é o Bolero de Ravel. Com o objetivo de enviar aos amantes da música a mensagem FIQUE EM CASA – “ NÓS AINDA ESTAMOS AQUI POR VOCÊS” músicos da Orquestra Nacional da França se uniram,  cada um em sua casa, para interpretar a afamada  obra do compositor francês.

MAURICE RAVEL(1875 – 1937)

 

Em tempos de pandemia, várias são as ações realizadas no sentido de levar música ao ouvinte sem sair de casa.  O uso da tecnologia digital permitiu com que fosse realizada essa gravação com músicos da Orquestra Nacional da França – cada um em sua casa –  tocando juntos em um vídeo disponibilizado em redes sociais.

A obra escolhida por esses  músicos –  Bolero de Ravel  foi escrito originalmente para Ballet em um único movimento.  A composição foi encomendada e financiada pela bailarina Ida Rubinsntein (1885 – 1960). O Ballet teve sua estreia na Ópera de Paris no mesmo ano em que foi composta, 1928.

Esta imagem possuí um atributo alt vazio; O nome do arquivo é ravel-4.jpg

IDA RUBINSNTEIN (1885 – 1960) 

Ravel nasceu em 7 de março de 1875 na cidade de Ciboure na França ingressando no Conservatório de Paris apenas aos 14 anos de idade.  Durante anos Ravel se preparou para concorrer a um evento que consagrava novos talentos, o Grande Prêmio de Música de Roma. O francês, considerado um dos favoritos à conquista em 1900, sofreu sua maior decepção ao ser derrotado, fato que marcou a personalidade do compositor, tornando-o, desde então uma pessoa arredia, de temperamento acanhado e que não frequentava eventos sociais, preferindo sempre dedicar-se ao labor musical.

Ravel compôs obras magistrais, sendo um dos grandes compositores da história da música, no entanto o fim de sua vida não foi fácil, debilitado,  em razão de lesões no cérebro, veio a falecer, em Paris, em 28 de dezembro de 1937. 

Curiosamente, o famoso Bolero foi considerado por Ravel, um simples estudo de orquestração, e o surpreendia a popularidade da peça. Ainda hoje é a obra musical francesa mais tocada no mundo.

A apresentação da orquestra que ouviremos a seguir  começa com três instrumentos: violoncelo, violino e percussão. Depois entra a flauta, os oboés, assim por diante, até totalizarem 50 instrumentistas.

Observe o ritmo invariável e a melodia uniforme e repetitiva que dão a sensação de mudança através dos efeitos da dinâmica. Não é por acaso que esta é uma das obras mais famosas do planeta.

*Depois, deixe seu comentário e vamos papear também nas redes sociais!

Um comentário em “O BOLERO DE RAVEL EM TEMPOS DE COVID – 19

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: