CANTIGAS DO BEM-QUERER

Henrique de Curitiba (1934 – 2008) e Cassandra Rios (1932 – 2002)
Maestro Norton Morozowicz (1948)

Com as comemorações dos “dias dos Namorados”, no Brasil, propagandas e chamadas em mídias de toda natureza nós lembram que o AMOR está no ar.

Celebrando esse sentimento falaremos de uma obra composta em 1977. CANTIGAS DO BEM-QUERER fala de relacionamentos de forma plural e delicada. A música é de Henrique de Curitiba (1934 – 2008) e os versos de Cassandra Rios (1932 – 2002)

Henrique de Curitiba nasceu em um lar de artistas na cidade de Curitiba-PR, onde se graduou na Escola de Música e Belas Artes do Paraná, de onde partiu para construir um sólido currículo internacional.

Henrique de Curitiba (1934 – 2008)

Henrique compôs mais de 150 obras no gênero instrumental, vocal e de câmara, destacando-se como um dos principais compositores brasileiros de sua geração. Tem obras editadas, executadas e gravadas, no Brasil e no exterior.

“um de nossos melhores compositores neoclássicos” (Mariz, 2000)

Segundo relatos do compositor Henrique sobre a obra Cantigas do Bem-Querer:

“A primeira versão desta obra foi escrita durante o IX Festival Internacional de Música do Paraná sob a Direção Artística do Maestro Roberto Schnorremberg (1929 – 1982), como peça de encomenda para aquele evento, do ano de 1977”.

Ainda segundo Curitiba, Cantigas do Bem-Querer foi composta durante os primeiros quinze dias daquele Festival:

“passada, de página em página, ao Madrigal dirigido por Samuel Kerr (1935), o qual em seguida a ensaiava. Foi apresentada em concerto no Teatro Guaíra em Curitiba, no final do Festival, com muito sucesso”.

As cantigas foram compostas para Coro, soprano solista, piano e orquestra de cordas.

Henrique relata que encontrou, por acaso, os versos de Cassandra Rios “num cesto de liquidação da antiga livraria Guignone, em Curitiba”. Henrique ficou completamente impressionado com o lirismo e beleza da obra desta escritora.

Cassandra Rios (1932 – 2002)

 A paulista, Odette Pérez Ríos (1932 – 2002), utilizava o pseudônimo de Cassandra Rios, em homenagem a sacerdotisa grega que profetizou o episódio do “Cavalo de Troia”.

Aos 16 anos, como Cassandra Rios, publicou seu primeiro livro: “A Volúpia do Pecado“, uma história de amor entre duas adolescentes, se tornando a primeira autora do país de romances eróticos voltados para esta vertente.

A Volúpia do Pecado” – Cassandra Rios

Ninguém foi mais perseguida pelos censores da ditadura brasileira do que Cassandra Rios, escritora recordista em vetos durante o regime militar.

Apesar da enorme perseguição, Cassandra Rios se tornou a primeira escritora brasileira a vender 1 milhão de exemplares, meta alcançada em 1970, sendo ainda, o primeiro caso conhecido de uma escritora nacional a viver exclusivamente da venda de seus livros.

Em entrevistas, Cassandra Rios revelou:

“Sou uma criatura simples, comum, cheia de problemas, tristezas e amarguras. A vida de escritora tem sido muito dura para mim.”

Os versos de Cassandra Rios musicados por Henrique de Curitiba, não tem título, os aqui apresentados são uma “livre referência” do compositor para os diversos trechos da obra musical: 1 – Chove…; 2 – No Mar…; 3 – Se me disseres…; 4 – Interlúdio I (cordas); 5 – Fecha os olhos… (Coro a capella); 6 – Eu te vi (ária de soprano); 7 – Interlúdio II (cordas); 8 – Final.

Celebraremos o amor em toda sua pluralidade com as – Cantigas do Bem-Querer.

Ouviremos a gravação do Concerto realizado na Capela Santa Maria em Curitiba, durante o Festival Padre Penalva em outubro de 2012, sob a direção do Maestro Norton Morozowicz (1948), irmão do compositor Henrique de Curitiba; com a Camerata Antiqua de Curitiba.

Capela Santa Maria em Curitiba

Observe a delicadeza da música de Henrique Curitiba e o lirismo dos versos de Cassandra Rios.

*Depois, deixe seu comentário e vamos papear também nas Redes sociais!

Um comentário em “CANTIGAS DO BEM-QUERER

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: