DIA DO COMPOSITOR BRASILEIRO

uma criação de Herivelto Martins
Herivelto Martins (1912 – 1992)

Anualmente no dia  7 de outubro celebra-se  o Dia do Compositor Brasileiro. 

A data foi criada em 1948 pelo compositor Herivelto Martins (1912 – 1992), que integrou a União Brasileira dos Compositores (UBC) na década de 40.

O cantor e compositor, foi grande incentivador da música brasileira e colaborou grandemente para a valorização dos músicos no país.

Segundo sua filha, a atriz  Yaçanã Martins:

Yaçanã Martins (1954)

“Ele não só criou a data como fundou a União Brasileira de Compositores e ajudou a regulamentar a profissão. Pixinguinha cruzava com ele na rua e dizia: ‘devo a minha aposentadoria a esse homem’.

Herivelto Martins , compositor de vasta obra, tem sua carreira consolidada com a difusão do rádio,  expansão da indústria fonográfica e do cinema falado.

O Rio de Janeiro vivia o auge cultural reunindo renomados artistas.  Herivelto afirma-se como compositor, ao lado de Noel Rosa, Ary Barroso, João de Barro e Lamartine Babo.

Segundo Zuza Homem de Melo:

“ao integrar o coro da RCA Victor no início dos anos 1930, fica conhecido pelo hábito de introduzir breques nas gravações”

Foi na RCA que Herivelto conheceu seu parceiro Francisco Sena. Juntos formaram o Duo Preto e Branco cuja qualidade vocal chamava atenção da crítica especializada . É uma das primeiras formações a cantar em dueto, se diferenciando do esquema “pergunta e resposta”, muito comum na época.

Francisco Sena (1900 – 1935) e Herivelto Martins (1912 – 1992)

No fim dos anos 1930, após a morte de Sena e sua substituição por Nilo Chagas, Herivelto conhece Dalva de Oliveira, com quem se casa e tem uma conturbada relação amorosa.

Trio de Ouro – Nilo Chagas, Herivelto e Dalva de Oliveira

Com Dalva (1917 – 1972) e Nilo Chagas (1917 – 1973), forma o conjunto vocal Trio de Ouro, que inova, mais uma vez, ao trazer duas vozes masculinas e uma feminina.

As brigas conjugais entre Herivelto e Dalva atingem a mesma repercussão do sucesso do Trio de Ouro, e os jornais e revistas, ligados à crônica do meio artístico, noticiam os ataques mútuos do casal que  troca acusações por meio de sambas-canções.

Um dos grandes sucessos do compositor Herivelto é Ave Maria no Morro(1942). A composição está entre uma das obras da música popular brasileira mais gravadas.

Nos anos 1960, mesmo considerada uma heresia pelo  então cardeal Sebastião Leme, passa a ser cantada nas missas. Entre os intérpretes dessa canção estão Sarita Montiel, Wilson Simonal, Nelson Gonçalves, Cauby Peixoto, Gal Costa, Baby Consuelo, Milton Banana e Eduardo Araújo, Emilio Santiago e Pery Ribeiro, filho do casal  Dalva de Oliveira  e Herivelto Martins.

Pery Ribeiro (1937 – 2012)

Ouviremos Ave Maria no Morro interpretado por Pery Ribeiro; orquestra e coro sob a direção do Maestro Norton Morozowicz e direção Geral Helio Brandão (gravação em Curitiba – Teatro Positivo, 2010).

Observe! Ave Maria no Morro é um samba-canção, espécie de oração, que traduz a vida nos morros cariocas.

*Depois, deixe seu comentário e vamos papear também nas Redes sociais!

2 comentários em “DIA DO COMPOSITOR BRASILEIRO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: