O ADEUS A ELZA SOARES (1930 – 2022)

“Nunca houve ou haverá uma mulher como ela”
Elza Soares (1930 – 2022)

Embora contrária a rótulos, Elza Soares (1930 – 2022) foi eleita pela Rádio BBC de Londres como a cantora brasileira do milênio, dentro do projeto The Millennium Concerts, da rádio inglesa, criado para comemorar a chegada do ano 2000.

“Eu sempre quis fazer coisa diferente, não suporto rótulo, não sou refrigerante”

Elza Soares morreu aos 91 anos, numa quinta-feira, 20 de janeiro, exatos 39 anos após a morte do jogador  Garrincha (1933  – 1983), seu polemico e grande amor.

Garrincha e Elza Soares

Elza e o jogador Garrincha se conheceram durante a Copa do Mundo de 1962. Em vinte anos de união, a cantora foi acusada de destruir famílias e agredida por ser mulher. Como ela mesma dizia:

“era uma relação de amor e ódio”.

Durante a vida, sofreu com o racismo, com a violência moral e sexual, convivendo com inúmeras perdas.

Elza nunca se calou, com a visibilidade que teve, deu voz às minorias: mulheres, negros, LGBTQIA+, todos eles foram, de certa forma, representados por meio das obras memoráveis da artista. Como alguns exemplos:

Em “Lama”, ela canta sobre o empoderamento e a coragem de superar o passado;

 Em “A Carne”, do preconceito e da violência vivida por pessoas negras;

Em “Maria da Vila Matilde, fala da violência doméstica.

Elza Soares (1930 – 2022)
(borimbora.blog.br)

Elza Soares também foi homenageada por escolas de samba. No último carnaval, antes da pandemia, a cantora foi enredo da Mocidade Independente de Padre Miguel.

Elza Soares – Carnaval – 2020

Ícone da música brasileira, com uma carreira eclética, iniciada nos anos 50, emprestou sua voz ao Samba, ao Jazz, à Música Eletrônica, ao Hip Hop e ao Funk.

“Eu acompanho o tempo, eu não estou quadrada, não tem essa de ficar paradinha aqui não. O negócio é caminhar. Eu caminho sempre junto com o tempo.”

 A vida de Elza Soares  foi pesquisada e retratada no premiado longa-metragem  que a jornalista Elizabete Martins Campos, roteirizou, dirigiu e produziu – My Name is Now.

A cantora esteve inúmeras vezes no topo das listas de sucesso no Brasil, embora também tenha amargado períodos de ostracismo, como  na década de 1980, quando pensou em desistir de cantar, e, literalmente “bateu na porta” de Caetano Veloso” para pedir ajuda.

O auxílio de Caetano veio na forma de convite para Elza participar da gravação do samba-rap Língua (Caetano Veloso, 1984), faixa de álbum pop do cantor, “Velô” (1984).

Elza Soares e Caetano Veloso

“Elza Soares é uma das maiores maravilhas que o Brasil já produziu. Quando apareceu cantando no rádio, era um espanto de musicalidade. Logo ficaríamos sabendo que ela vinha de uma favela e desenvolvera seu estilo rico desde o âmago da pobreza”. Caetano Veloso

Outra fase de renascimento musical veio em 2015 com o lançamento da “A mulher do fim do mundo”  – primeiro álbum em sua carreira só com músicas inéditas. As canções do disco falam sobre sexo, morte e negritude, e foram compostas pelos paulistas José Miguel WisnikRômulo Fróes e Celso Sim

Elza Soares

“Me deixem cantar até o fim” – pediu Elza em verso da música que batiza o álbum.

E assim foi! Elza Soares cantou até o fim. Sua morte causou comoção no Brasil. Vários artistas e personalidades se pronunciaram e lamentaram  sua partida.

Chico Buarque de Holanda,  falou através de suas redes sociais ao saber da despedida de Elza Soares:

(…) Se acaso você chegasse a 1959 e ouvisse no rádio aquela voz cantando “Se acaso você chegasse’’, saberia que nunca houve nem haverá no mundo uma mulher como Elza Soares”.

Ouviremos Elza Soares cantando “Se Acaso Você Chegasse”, composição de Felisberto Martins e Lupicínio Rodrigues, na versão original em gravação da ODEON.

Observe a voz inesquecível e o brilho de Elza Soares.

*Depois, deixe seu comentário e vamos papear também nas Redes sociais!

3 comentários em “O ADEUS A ELZA SOARES (1930 – 2022)

Deixe uma resposta para DULCE REGINA DE OLIVEIRA Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: