COLEÇÃO THEREZA CHRISTINA MARIA

um tesouro escondido no terceiro andar do Palácio Capanema

Dom Pedro II, Imperatriz Thereza Christina Maria e as Princesa Isabel e Princesa Leopoldina

Justamente na semana das comemorações do Dia do Patrimônio Histórico, surgiram rumores de intenção de leiloar o Palácio Capanema.

Palácio Gustavo Capanema (Rio de Janeiro)

Segundo o site do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), o projeto do Palácio Capanema , foi desenvolvido por uma equipe de arquitetos chefiada por Lúcio Costa, com a participação de Oscar Niemeyer, Affonso Eduardo Reidy, Jorge Machado Moreira, Carlos Leão e Ernany de Vasconcelos, a partir de estudos deixados por Le Corbusier durante sua estadia no Rio de Janeiro, em 1937.

O edifício tombado pelo Iphan em 1948, representa o marco da arquitetura moderna em nosso país. A área ocupada pelo prédio de 16 pavimentos possui jardins, projetados por Burle Marx.

No terceiro andar do Palácio Capanema, está o acervo de música da Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro. Com mais de 250 mil peças, reúne uma vasta coleção de livros, partituras, fotografias, programas de concerto, manuscritos e libretos de ópera, todos eles guardando alguma relação com a história da música no Brasil e no mundo, de fundamental relevância para pesquisadores e musicólogos.

Abordaremos hoje, parte desse acervoA Coleção Thereza Christina Maria.

Segundo Pedro Persone:

“A Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro abriga um verdadeiro tesouro na sua Divisão de Música: o acervo musical da Coleção Theresa Christina Maria. Vasto e praticamente inexplorado, esse acervo contém partituras trazidas e/ou adquiridas pelas imperatrizes Leopoldina (1797-1826) e Theresa Christina (1822-1889)”

Acervo dessa coleção é constituída de partituras em primeira edição, livros raros e periódicos que pertenceram às Imperatrizes Dona Leopoldina (1797-1826), e Dona Thereza Christina Maria (1822-1889). Dona Leopoldina era uma colecionadora compulsiva e dela eram a maioria das partituras do acervo, muitas das quais vieram com ela de sua Áustria natal.

Dona Leopoldina (1797-1826)

A doação dessa coleção foi feita por Dom Pedro II (1825-1891), já no exílio em Portugal, após a proclamação da República em 1889, juntamente com outras relíquias: livros, documentos, fotografias, coleções, objetos de sua propriedade particular, ao povo brasileiro, com o propósito de que o nome de sua esposa, Thereza Christina, fosse sempre lembrado pelos brasileiros.

Dom Pedro II (1825-1891),



O conjunto de obras musicais da Coleção Thereza Christina Maria, pertencente ao acervo de Música e Arquivo Sonoro da Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro é mesmo um verdadeiro tesouro. Criada em 1952, a Divisão de Música foi formada principalmente pela Coleção da Real Biblioteca Nacional, levada para o Rio de Janeiro pela corte portuguesa em 1808. A Coleção Thereza Christina Mariafoi formada a partir de doações de Dom Pedro II e pela aquisição do acervo da biblioteca do colecionador cearense Abraão de Carvalho em 1950.

A princesa Thereza Christina de Bourbon, que dá nome a coleção, nasceu em Nápoles em 14 de março de 1822 e morreu no Porto – Portugal em 28 de dezembro de 1889. Essa filha mais nova do rei Francisco I e sua segunda esposa, Maria Isabel de Bourbon, fez com o futuro Imperador Pedro II, em 1843, um casamento “arranjado” como era o costume daquela época. Era mulher culta e tinha profundo interesse por arqueologia, e trouxe ao Brasil nao só as suas coleções de arte, mas também uma comitiva de artistas, intelectuais, cientistas, músicos e artesões, como sua sogra, Dona Leopoldina, fizera tantos anos antes.

Theresa Christina de Bourbon (1822-1889)

 Adentrar por este precioso acervo, nesse prédio histórico,  é uma maneira de conhecer melhor a nossa tradição e também a significativa presença da música europeia no Brasil imperial.

As sonatas a quatro mãos de Mozart fazem parte da coleção e foram manuseadas  e interpretadas pela Princesa Leopoldina e pelo compositor Sigsmund Neukomm(1778-1858) na corte de Dom João V no Rio de Janeiro.

Sigsmund Neukomm(1778-1858)

Ouviremos a Sonata K 521 a quatro mãos de W. A. Mozart (1756 – 1791) interpretada pela pianista argentina Marta Argerich  (1941) e pelo pianista russo Evgeny Kissin (1971)

Observe a elegância e surpresas apresentadas nessa sonata de Mozart.  

*Depois, deixe seu comentário e vamos papear também nas Redes sociais!

Um comentário em “COLEÇÃO THEREZA CHRISTINA MARIA

Deixe uma resposta para Jeu Dos Santos Carvalho Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: